MALA DE VIAGEM – DICAS DE COMO PREPARAR UMA MALA LEVE

mala de viagem

 

 

Post atualizado em 01/06/2020.

 

Nem todo mundo acredita, mas em todas as minhas viagens, que são todas que estão publicadas aqui no blog (e algumas outras que já já estarão por aqui), eu viajei apenas com uma mala de viagem de mão + uma mochila de tamanho normal! #juro!!!rs

Desde que me libertei da necessidade de levar todo o guarda-roupa junto comigo, o processo de fazer a mala e carregá-la durante a viagem, tem sido muito mais leve, rápido, simples e econômico (to falando não só de dinheiro, mas de tempo também!)

Não tem mais essa de levar roupa e não usar, de ficar na fila pra despachar a mala, de perder um tempão esperando ela passar pela esteira e de ter a “dor de cabeça” da bagagem não chegar ou estragar.

Além disso, viajar de ônibus e de trem ficou bem mais fácil, o deslocamento é mais simples, pois consigo carregar minha mala sozinha pelas escadarias e ruas sem ter que sofrer e ficar pedindo ajuda das outras pessoas (quem nunca!rsrs).

Ahhh tá legal, mas como é que você consegue fazer isso?

Simples…seguindo as direções e fórmulas abaixo de acordo com a duração da minha viagem!

Vem ver!

 

Reserve seu hotel pelo Booking, site com as melhores opções de hospedagem por todo o mundo!

 

Obs:

-todas as dicas e fórmulas servem para mulheres e homens.

-as quantidades de peças indicadas mais abaixo, foram feitas pensando na elaboração de uma mala de viagem de mão ou malas maiores, que serão despachadas.

 

 

antes de tudo – informações importantes:

 

  • PESO E MEDIDAS DA MALA DE MÃO E DA MALA DESPACHADA:

Antes de tudo, é bom lembrar que a mala de mão e a mala despachada, devem seguir algumas regras de peso e medidas.

Como essas regras podem variar de companhia para companhia, para evitar contratempos, antes de viajar, SEMPRE consulte as regras no site da companhia aérea com a qual você viajará. 

 

  • COMPANHIAS AÉREAS LOW COST

As companhias aéreas de baixo custo (low cost) costumam trabalhar com regras um pouquinho diferentes quando o assunto é bagagem. Normalmente elas permitem levar apenas um volume a bordo – ou só a mala ou só sua bolsa/mochila – não dá para levar as duas! Essa única mala de mão já está incluída no preço da passagem e deve seguir as regras de tamanho e peso estipulada no site da cia. aérea. Caso você queira despachar qualquer bagagem, o valor é cobrado à parte.

 

Encontre passagens aéreas com até 35% OFF no site da Passagens Promo!

 

 

  • REGRAS DE TRANSPORTE DE LÍQUIDOS NA MALA DE MÃO PARA VOOS INTERNACIONAIS:

Pra voos internacionais, todos os itens líquidos devem ser transportados em embalagens de até 100ml e guardados dentro de uma embalagem transparente (ex: saco tipo ziploc, necessaire...). Somando as embalagens, a capacidade máxima não pode passar de 1 litro.

Para saber mais sobre o que pode ou não levar na mala de mão em voos nacionais ou internacionais, consulte sempre o site da cia. aérea que você vai viajar e também confira as informações no site da Anac.

 

 

Viaje com internet no seu celular! Compre seu chip internacional pelo site da Viaje Conectado!

 

 

1º PASSO: PLANEJANDO A MALA DE VIAGEM

Mala de mão

O melhor é começar a planejar/fazer a mala com 1 semana de antecedência, pois se você precisar ajustar alguma peça, lavá-la ou comprar algo novo, você terá tempo!

Sempre antes de começar a montar qualquer mala, responda as perguntas abaixo, elas serão seu guia pra decidir quais e quantas peças levar:

-Duração da viagem: quantos dias terá minha viagem?

-Clima: como estará o clima no período em que eu estarei no meu destino?

-Tipo de Viagem: será uma viagem de lazer, profissional, de descanso, aventura…

-Programação: vou ter alguma programação especial durante a viagem? Uma festa, um passeio específico que precise de uma roupa especial (ex: trilha), um jantar…

 

 

Encontre o seu seguro viagem em uma única pesquisa no site da Real Seguro Viagem!

 

 

2º PASSO: SEPARANDO AS PEÇAS

Mala de mão

Perguntas respondidas, hora de separar as peças seguindo suas respostas e as dicas abaixo.

-Lembre-se: viagem não é o momento de “testar” coisas novas, por isso, só deve ir na mala o que a gente ama usar! Aquelas peças que a gente já testou e aprovou. Não se arrisque levando peças novas, por que na prática elas podem não funcionar! Isso vale para os calçados também.

-Aquelas peças que faz tempo que a você não usa, vale dar uma olhada e experimentar, pra ver se ainda servem, se precisam de algum reparo ou de lavagem.

-Separe primeiro as partes de baixo e coloque sobre a cama, depois separe as partes de cima e já coloque pertinho da parte de baixo que faz combinação com ela (pra cada parte de baixo, é legal conseguir combinar pelo menos 2 partes de cima).

 

Encontre o seu seguro viagem em uma única pesquisa no site da Real Seguro Viagem!

 

-Coordene os acessórios (colares, brincos, lenços, sapatos, bolsas…) com as peças que já estão sobre a cama.

-Tire foto das combinações que você montou e salve no celular. Parece frescura, mas acredite, isso vai te ajudar muito durante a viagem, pois você só vai precisar dar uma olhadinha na foto e pronto!

-Não se esqueça de incluir pijama, meias, roupas íntimas (calcinha, sutiã, cueca…) e roupa de praia (se necessário). Lembrando que o foco é fazer uma mala leve e concisa, então não exagere nestes itens, leve o ideal!

-Acessórios não ocupam tanto espaço (lenços, colares…) e ajudam a versatilizar o look, dar outra cara sabe? Por isso, levar mais deles ao invés de acrescentar mais roupas, é uma ótima sacada! Eu super faço isso!

 

Siga o @lavaiela_pelomundo no Instagram e confira em tempo real todas as dicas sobre meus destinos!

 

-Estampa acaba limitando um pouco, por isso, é melhor levar mais peças lisas e investir em acessórios, principalmente em viagens mais longas;

-A roupa da viagem de ida e da volta pode ser a mesma. Ela não entra nas fórmulas abaixo, é extra! Ela só deve ser usada pra viagem de ida e volta mesmo. Falo melhor sobre a roupa ideal para viajar, no post aqui.

 

 

FÓRMULAS MALA DE VIAGEM

Eu aprendi essas fórmulas num curso sobre mala de viagem inteligente, e de tanto usá-las, acabei adaptando algumas quantidades e deixando de um jeito que funciona melhor pra mim. Ainda sim, mantive a mala concisa (tirei de um lado e acrescentei do outro, tendeu?!).

Nos itens que eu adaptei, coloquei as quantidades ao lado em vermelho.

 

Evite filas, economize tempo e dinheiro comprando seus ingressos pelo site do Get Your Guide!

 

Pra cada fórmula abaixo procure escolher peças em cores coordenáveis entre si pra criar conjuntos que rendam mais combinações = mais ou menos 4 cores por mala. Pode ser 2 cores neutras + 2 cores coloridas ou 1 colorida + 3 neutras, etc.

Escolha de acordo com seu estilo, se for mais clássica, opte por peças mais neutras e se for mais colorida, escolha levar mais peças com cor. Esse é o segredo pra levar pouca coisa e fazer render bastante!

 

 

 

MALA PRA VIAGEM CURTA – Um fim de semana ou feriado (3 a 4 dias)

3 partes de baixo (calça, saia, bermuda/short, vestido)

6 partes de cima (blusas, camisetas, jaquetinhas, cardigans, etc)

2 pares de sapato diferentes um do outro (tênis e sapatilha ou tênis e sandália…) adiciono 1 chinelo.

1 ou 2 bolsas (uma maior pra usar na viagem e uma média pra usar no destino)

 

MALA PRA VIAGEM MÉDIA – uma semana a 10 dias

6 partes de baixo (se for de 1 semana eu levo só 3 partes de baixo e pra 10 dias levo só 4)

12 partes de cima (se for pra 10 dias, levo umas 14 partes de cima)

3 pares de sapato diferentes uns dos outros (costumo levar 2 + 1 chinelo ou 1 + 1 chinelo)

3 bolsas (uma pra noite por exemplo) – (costumo levar 1 ou 2 no máximo)

*Pra essa malas vale coordenar pelo menos 2 looks diferentes pra cada parte de baixo que vai na mala — ex: uma combinação pra noite e uma pro dia, uma mais clara outra mais escura, uma mais colorida outra neutra, etc.

 

MALA PRA VIAGEM LONGA – 15 dias ou mais

10 partes de baixo (prefiro levar menos partes de baixo. Costumo levar de 5 a 6 partes de baixo)

10 partes de cima (eu prefiro levar 15 partes de cima, o que não altera a estrutura da mala, já que tirei 5 partes de baixo)

5 pares de sapatos (penso que quanto menos sapato melhor, prefiro viajar só com 2 + 1 chinelo, sendo que já viajo usando um desses calçados, pra ocupar menos espaço na mala e fazer menos peso)

3 bolsas (na maioria das vezes viajo só com 1 mochila. As vezes 1 bolsa + 1 mochila)

Especialmente pra essa fórmula, vale super a direção do grupo coeso de 4 cores apenas, pra garantir que todas as partes de cima rendam looks com todas as partes de baixo!

 

 

Quer dar aquela economizada na hospedagem? Então dá uma olhadinha no Airbnb!

 

 

3º PASSO: MONTANDO A MALA DE VIAGEM

Mala de mão
foto: http://nouvelle.dk/

Peças separadas, agora é a hora de botar tudo na mala!

-Comece pelos objetos mais pesados, pois eles devem ficam no fundo da mala;

-Não coloque as lingeries e meias numa mesma sacola criando blocos, pois acaba ocupando muito espaço. Coloque esses itens nas bordas da mala, nos espacinhos que você encontrar nos cantos;

-Coloque os blazers e casacos dobrados do avesso pra não pegar muito pelinho das outras roupas;

-Lembre-se de esvaziar os bolsos dos casacos e bolsas;

-Os acessórios (colares, anéis, brincos…) ou outros itens pequenos podem ir em saquinhos dentro dos calçados;

 

Chegue no seu destino já com internet no celular! Compre seu chip pelo site da Easysim4u! Use o cupom RBBVGRATIS  e ganhe frete grátis (válido somente para a opção frete normal).

 

-Coloque as camisas por último. Para não amassar tanto, sugiro dobrá-las ao meio na vertical e depois dobrar a parte debaixo da camisa para caber na mala. Como costumamos por a parte debaixo por dentro da calça, o amassado talvez nem apareça!

-Quando possível, use o calçado mais pesado ou volumoso para viajar. Assim sobra mais espaço na mala e ela fica mais leve. Isso vale para casacos também!

-Não tem como a roupa não amassar, mas se colocar tudo com jeitinho, tentando deixar o mais esticado possível, ela amassará menos!

 

Encontre passagens aéreas com até 35% OFF no site da Passagens Promo!

 

  • Produtos de Higiene:

Eu costumo levar na mala os produtos que eu não usarei durante o voo. Já os que eu vou usar, deixo na minha nécessaire que vai na minha bolsa. Falo mais sobre o que levo na minha nécessaire, neste post aqui.

Aqui vale lembrar da regra de transportes de líquidos para a bagagem de mão em voos internacionais, que comentei no início do post.

 

Encontre o seu seguro viagem em uma única pesquisa no site da Real Seguro Viagem!

 

DICA: as vezes não levo: shampoo, condicionador e sabonete para o corpo. Deixo para comprar todos eles em alguma farmácia ou mercado logo quando chego no destino. Compro tamanhos pequenos pra usar somente durante a viagem e não sobrar muito, pois não trago eles comigo.

-Pra não esquecer de levar nada, sugiro dar uma olhadinha neste post aqui onde compartilho uma lista de viagem completa.

 

 

NA PRÁTICA

No começo parece difícil e até impossível, mas com o tempo você vai ver como é bom viajar leve, só com uma malinha de mão!

Se for muito difícil, vá diminuindo aos poucos e à medida que for viajando vá identificando se dá pra adaptar alguma das quantidades acima de acordo com o que funciona melhor pra você, assim como eu fiz!

Bora tentar?!

Se tentou, não se esqueça de me contar aqui nos comentários abaixo como foi a sua experiência!

 

 

OUTRAS DÚVIDAS SOBE MALA DE VIAGEM

 

  • Mas essas fórmulas funcionam mesmo? Não vai faltar roupa durante a viagem?

Sim, funcionam! Pode acreditar! A quantidade de roupa será ideal, não vai faltar não.

 

  • Mas o Fe…e as compras como ficam?

Que tal viajar e trazer com você mais experiências e menos coisas?

Cada vez que viajo penso na pergunta acima e chego à conclusão de que vale mais a pena investir o dinheiro em experiências únicas durante a viagem – provar o tal prato que só existe naquele lugar, ir assistir a um espetáculo que só acontece lá, garimpar uma peça numa feirinha local – do que gastar horas na fila do provador de uma loja que eu encontro aqui em São Paulo.

Essa reflexão me ajuda a filtrar e decidir o que realmente vale a pena levar no espacinho vazio que tem na minha pequena mala de mão!rs

 

Encontre passagens aéreas com até 35% OFF no site da Passagens Promo!

 

É claro que se eu estiver precisando de alguma peça essencial, se eu ver alguma coisa muito diferente, algum produto de beleza que eu só vá encontrar lá ou alguma peça que esteja muuuito mais barata, não tenho problema nenhum em comprar, o que eu só não quero é gastar muito tempo e energia nisso sabe?rs

Eu adoro ter lembranças físicas dos lugares por onde passei, por isso, opto por comprar peças únicas (pequenas!rs), que valorizem a cultura local e que talvez só eu tenha!

Agora é fato que se sua viagem for focada em compras (alô Estados Unidos!) você levará uma mala maior, o que pode alterar a quantidade de peças da fórmula que passei. E o questionamento acima não vai rolar, porque ai o foco é outro e a intenção é bem diferente né!rs

Veja aqui mais posts sobre mala e bagagem de mão.

 

ORGANIZE SUA VIAGEM

Se este post foi útil pra você, que tal ajudar a manter o Lá Vai Ela pelo Mundo? Toda vez que você efetua uma reserva ou fecha um serviço por meio dos links e banners indicados aqui no blog, além de garantir um serviço de qualidade e melhores preços, você também ajuda a manter o blog sem pagar NADA a mais por isso!


Hospedagem: Booking e Airbnb.


Seguro Viagem: Seguros Promo e Real Seguro Viagem.


Chip de internet (internacional): Viaje Conectado e Easysim4u (use o cupom RBBVGRATIS e ganhe frete grátis - válido somente para a opção frete normal).


Aluguel de Carro: RentCars (desconto de 5% no boleto bancário!)


Passagens Aéreas: Passagens Promo.


Passeios em Ushuaia, El Calafate, Buenos Aires e Colonia del Sacramento: Brasileiros em Ushuaia.


Ingressos: Get Your Guide.

22 respostas para “MALA DE VIAGEM – DICAS DE COMO PREPARAR UMA MALA LEVE”

  1. Fernanda,
    Há dois anos fui para Portugal e utilizei tuas dicas para montar minha mala. Deu muito certo!!! Cada vez que vou viajar faço uma minha própria lista,seguindo tuas sugestões, inclusive fotografando as roupas. Parece bobagem, mas me ajuda muito. Abraços, e até a próxima viagem!!

    • Olá Márcia,

      Que demais saber disso!!!:) Fico muito feliz que as dicas foram úteis pra vc e que continua colocando-as em prática! Realmente, parece besteira fotografar os looks antes, mas é com certeza uma das coisas que mais ajudam na hora de se vestir no decorrer da viagem!

      Obrigada por compartilhar comigo sua experiência!:)

      Um beijão!!!
      Fe

  2. Oi, Fê. Melhor post sobre como montar mala independente do destino. Acho interessante também se treinar o olhar para saber que as roupas, mesmo para destinos frios, podem ser leves. Hoje há uma gama de tecidos tecnológicos que ajudam, e muito neste sentido. Seria interessante se você puder montar um post, já que você escreve tão bem:)Tudo de bom!!

    • Olá Paula, td bem?

      Que legal saber disso!rs Fico muito feliz em saber que vc gostou do post!

      Obrigada pela sugestão de post! 🙂

      Beijão!

  3. Eu super me identifiquei com seu post. Viajo bastante e nunca despacho mala. Mas estou indo para uma viagem um pouco mais longa e queria ver se não sou doida de querer viajar com minha pequena mala de sempre. Estive certa de que estamos sintonizadas quando li sobre ‘comprar’ experiências. Adoro lembranças de viagem e por isso coleciono copinhos e magnéticos. As pessoas piram com minha mala compacta, mas juro: mesmo assim, sempre sobra ao menos uma peça que não usei!

    • Olá Lis,

      Vc não é doida não!rs Pra mim, doido é quem viaja com muita bagagem, carrega peso extra e não usa nem metade do que leva!

      É muito bom saber que vc compartilha do mesmo pensamento que o meu e que por isso, estamos juntas nessa, ajudando e estimulando as pessoas a viajarem com menos bagagem e “comprarem” mais experiências!

      Obrigada por compartilhar sua experiência e opinião aqui!!!

      bjs!

    • Oi Ana Paula, td bem?!

      Pensando em uma mala de mão ou na mala que você despacha, 10 peças não são muito não, elas são a quantidade suficiente para uma viagem de 15 dias ou mais, onde a pessoa contará com um serviço de lavanderia ou lavará as roupas por conta própria.

      No caso de um mochilão, realmente essas quantidades podem ser um pouco a mais, mas ai é só adaptar para a realidade da viagem e o quanto você poderá carregar. 🙂

      bjs,

  4. Oi! Adorei as dicas, mas continuo com um probleminha… Quero viajar mais leve, mas tô indo pra Colômbia e vou passar metade do tempo no calor de Cartagena e a outra metade no friozinho de Bogotá. Tem alguma dica que me ajude a fazer uma mala mais enxuta? Pq na minha cabeça é como se eu estivesse fazendo duas viagens…

    • Oi Ana,

      É possível continuar com uma mala enxuta sim!!!

      Vamos lá:
      -Pense que apesar de serem destinos com clima diferentes, a viagem será a mesma e as roupas irão dividir o mesmo espaço na mala!
      -Se sua viagem terá 10 dias no total por exemplo, considere as regras pra esse período,ou seja, utilize as direções de quantidade referente ao total de dias que vc passará viajando;
      -Ai, divida a quantidade de peças total desse período de acordo com os dias em que passará em cada uma das cidades;
      -Quanto aos calçados, você pode levar um chinelo e uma rasteira mais arrumadinha para Cartagena e um ou dois sapatos fechados para Bogotá.
      -Dependendo do frio que estiver em Bogotá, sugiro levar 1 casaco mais pesado.

      Sugiro colocar as roupas do segundo destino na parte inferior da mala e por cima as peças que usará no primeiro destino. Se tiver um lenço, pode até colocar entre as duas partes, criando uma divisão na mala.

      Qualquer dúvida, me avise!

      Beijos e boa viagem!

  5. tem dicas do que vestir na primavera de Paris e Londres? qdo jogo no Google aparecem as roupinhas “basicas” das passarelas! kkk quero dicas de gente como a gente, sabe? que anda o dia td conhecendo os lugares e tals… ah, adorei suas dicas!

    • Olá Aline,

      Eu não sei em qual período da primavera você vai, mas em todo caso, considerando que esse período é de transição do frio pro começo do calor, levaria roupas pensando em construir camadas:
      Tipo blusa e calça térmica, calça comprida, meia calça, suéter, casaco mais pesado que proteja do vento, da chuva e deixe o corpo quentinho, sapato fechado, touca, cachecol e luva. Guarda-chuva.

      Se for em maio ou junho, continuaria levando os itens acima (afinal a gente nunca sabe 100% como estará o clima) só que em menos quantidades. Acrescentaria um shorts/saia, cardigan, blusas de manga curta e talvez um sapato aberto. A ideia de camadas continua, pois se ao longo do dia esquentar vou tirando as peças e se depois esfriar, vou colocando td de novo!rs

      Sobre Londres a lógica é a mesma.

      Indico que vc pesquise para as duas cidades, a média de temperatura no mês que vc vai, pra ter mais certeza sobre quais peças levar em mais quantidades na mala.

      Espero ter te ajudado! 🙂
      abs,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *