CHAPADA DOS VEADEIROS – ROTEIRO DE 3 DIAS + INFORMAÇÕES

Cachoeira Capivara

 

 

 

Post Atualizado em 09/01/2018.

 

Voltei da Chapada dos Veadeiros com uma certeza: de que essa foi só a minha primeira vez por lá!rs

Lugar mágico, cheio de belezas naturais, onde a gente não reclama do tempo que passa nas estradas -que por sinal têm paisagens encantadoras- e nem das longas trilhas, pois no fim, todo o esforço é recompensado da forma mais incrível possível… descobrindo uma cachoeira mais linda que a outra!

Voltei de lá agradecida por ter conhecido aquele paraíso e por cruzar com pessoas tão especiais, com histórias e filosofias de vida tão inspiradoras.

Já deu pra perceber que a Chapada dos Veadeiros tá na minha listinha das viagens mais legais, né?!rs

Bora anotar todas as dicas?!

 

Encontre o seu seguro viagem em uma única pesquisa no site da Seguros Promo! Use meu cupom LAVAIELA5 e ganhe 5% de desconto na compra de qualquer seguro viagem!

 

 

MEU ROTEIRO

Fui pra lá no feriado de Tiradentes e fiquei do dia 21/04/16 a 24/04/16. Cheguei em Brasília no dia 20 a noite, fui para a Chapada no dia 21 logo cedo e voltei para São Paulo no dia 24 pela manhã. Meu roteiro ficou assim:

1º dia (21/04): Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros= Trilha dos Saltos e Corredeiras

2º dia (22/04): Quilombo Kalunga – Cachoeiras Santa Bárbara e Capivara

3º dia (23/04): Cachoeiras: Vale da Lua, São Bento, Almécegas I, II e III

 

 

LOCAL

A Chapada dos Veadeiros fica em Goiás, porém o aeroporto mais próximo é o de Brasília que fica a 244 km de distância.

 

 

COMO CHEGAR

De avião até Brasília e de lá seguir de carro ou ônibus ou transfer até a Chapada dos Veadeiros.

Nossa viagem foi feita sem a contratação de agência de turismo, por isso, chegando no aeroporto de Brasília precisávamos pegar o carro (já tínhamos alugado pela internet) que íamos usar durante a viagem.

A empresa que eu uso e recomendo é a Rent Cars, parceira do blog, que reúne em seu site mais de 100 locadoras em mais de 140 países! Entre essas locadoras, está a Localiza, que foi onde eu aluguei o carro.

Você pode alugar o carro a qualquer hora pelo site da Rent Cars, fazer o pagamento em reais e sem IOF. Além disso, dá pra dividir o valor em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ter um desconto de 5% no boleto bancário.

Saiba mais e alugue aqui:  www.rentcars.com

 

Quer dar aquela economizada na hospedagem? Então dá uma olhadinha no Airbnb!

 

RETIRANDO O CARRO DO AEROPORTO

-Chegando na parte das esteiras pra pegar a mala, você já verá os guichês das empresas que alugam carro.

-Fomos até o guichê da Localiza e a atendente nos informou que o local onde o carro é retirado ficava próximo do aeroporto. Uma van da Localiza nos levou até lá.

-A van da Localiza tinha ar condicionado e wifi. Do aeroporto até o local de retirada do carro, levamos 6 minutos (não tinha trânsito).

-Chegando lá, mesmo com a reserva é preciso pegar a fila pra finalizar o processo e pegar a chave.

Chapada dos Veadeiros

 

 

DICAS PARA ALUGAR UM BOM CARRO PARA CONHECER A CHAPADA DOS VEADEIROS

Considerando que você vai pegar bastante estrada de terra beeem esburacada (#sabedenadainocente!rs) e em algumas partes íngremes:

-Invista em um carro com ar condicionado!!! Sério, não é frescura! Durante o dia faz bastante calor e como tem que fechar o vidro por causa da poeira da estrada, que é de terra, o ar condicionado dá aquela salvada!rs

-Pegue um carro 1.6 pra cima: na estrada asfaltada beleza se o carro for 1.0, mas quando chega na estrada de terra (principalmente na que leva para o Quilombo Kalunga em Cavalcante) cheia de buraco, subidas íngremes e algumas valas profundas com água… não rola! O carro precisa de força. Vi carro 1.0 dar problema. Por isso repito, PEGUE UM CARRO 1.6 PRA CIMA!

-Faça o seguro do carro: os para-choques e pneus sofrem nas estradas de terra, por isso não hesite em fazer o seguro.

 

 

A ESTRADA – DE BRASÍLIA PARA A CHAPADA DOS VEADEIROS

A estrada que liga Brasília a Chapada é a BR 020, em direção a Formosa (GO). Depois da cidade de Planaltina é preciso prestar atenção ao trevo que indica a GO 118, rodovia que leva a Alto Paraíso e passa por São Gabriel e São João D’Aliança.

Usamos o GPS (Google Maps) durante todo o trajeto e foi tranquilo.

As condições da estrada são ótimas e a paisagem então, nem se fala (linda demais!). O asfalto tá em dia e a estrada é bem sinalizada.

Estrada para a Chapada dos VeadeirosEstrada para a Chapada dos Veadeiros

Antes de deixar Brasília, lembre-se de abastecer o carro. Só haverá posto de gasolina novamente a 166 km de distância quando chegar na cidade de São João da Aliança (que está a 88 km de Alto Paraíso).

Chegando em São João da Aliança, se você assim como eu for pra alguma cachoeira direto, aproveite o comércio que tem por lá (vi um Subway e um mercadinho) e compre tudo o que for preciso.

 

 

ONDE SE HOSPEDAR

Há 3 cidades onde se concentram a maioria das cachoeiras: Alto Paraíso de Goiás, São Jorge e Cavalcante.

 

1- Alto Paraíso de Goiás

Das três cidades é a que tem a maior estrutura. Foi essa cidade que escolhi para me hospedar e eu super indico!

Considerada patrimônio natural mundial pela UNESCO, Alto Paraíso possui 6.885 habitantes.

A cidade é reconhecida por ser um valioso santuário ecológico e por sua fauna e flora típicas do Cerrado.

Ela têm uma rua principal onde fica todo o comércio. Nesta rua você encontra:

-Agências Bancárias (Itaú, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal)

-Restaurantes,

-CAT (Centro de Atendimento ao Turista)

-Supermercado e comércios em geral.

Distância de São Jorge: 31km

Distância de Cavalcante: 109 km

Tá procurando hotel em Alto Paraíso? Neste post: Onde se hospedar em Alto Paraíso – Dicas de hotéis na Chapada dos Veadeiros, falo sobre o hotel em que me hospedei na cidade e disponibilizo a lista de hotéis que pesquisei.

 

 

Reserve seu hotel no Booking, site com as melhores opções de hospedagem por todo o mundo!

 

 

2- São Jorge

Conheci São Jorge quando fui ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e notei que as ruas são de terra batida e que oferece uma estrutura mais reduzida que a de Alto Paraíso.

A cidade é uma antiga vila de garimpeiros do início do século XX e hoje tem como atividade principal o ecoturismo.

Distância de Alto Paraíso: 31 km

Distância de Cavalcante: 125 km

Opções de hospedagem em São Jorge: Neste post: Onde se hospedar em Alto Paraíso – Dicas de hotéis na Chapada dos Veadeiros, disponibilizo a lista de hotéis que pesquisei na cidade.

 

Siga o @lavaiela_pelomundo no Instagram e confira em tempo real todas as dicas sobre meus destinos!

 

 

3- Cavalcante

É uma cidade bem pequena, pra falar a verdade vi pouca coisa por lá.

Só vale a pena se hospedar em Cavalcante, se a maior parte do seu roteiro for baseado nas cachoeiras da região, pois a cidade fica distante de São Jorge e Alto Paraíso, onde ficam as outras cachoeiras famosas.

Distância de Alto Paraíso: 109 km

Distância de São Jorge: 125 km

Opções de hospedagem em Cavalcante: Neste post: Onde se hospedar em Alto Paraíso – Dicas de hotéis na Chapada dos Veadeiros, disponibilizo a lista de hotéis que pesquisei na cidade.

 

 

QUANDO IR

Estive na Chapada dos Veadeiros em abril/16 no feriado de Tiradentes.

Este já é considerado o período de seca (entre abril e setembro), onde as cachoeiras estão com volume de água menor, por isso, as quedas não ficam tão volumosas como no período de chuvas, que ocorre entre outubro e março.

O bom do período de seca, é que fica mais seguro nadar nas cachoeiras, já no período de cheia, tem que tomar cuidado com a tromba d’água.

Por causa do feriado, a gente já sabia que corria o risco das cachoeiras mais famosas estarem um pouquinho mais cheias que o normal, mas isso não atrapalhou em nada nenhum dos passeios que fizemos.

O que a gente procurava fazer era chegar sempre no horário de abertura das cachoeiras, assim conseguíamos um tempinho com a cachoeira só pra gente ou quase só pra gente!rs

Mesmo com feriado, as estradas para ir pras cachoeiras estavam vazias, dando a sensação de que só a gente tava indo pra lá!rs #sóquenão!

 

 

CLIMA

Apesar de já estarmos no outono, durante o dia fazia bastante calor e a noite tinha um ventinho gelado.

Se for pra lá nessa época, não esqueça de levar: uma calça comprida, um sapato fechado e um casaquinho leve.

 

 

DÁ PRA FAZER AS TRILHAS POR CONTA PRÓPRIA?

Tirando as cachoeiras que ficam no Quilombo Kalunga (onde é obrigatório um guia), conhecemos todas as cachoeiras do nosso roteiro sozinhos e foi tudo tranquilo.

Porém, tomamos essa decisão só depois de pesquisar sobre as trilhas de cada cachoeira e como eram as condições das estradas.

Recomendo que você faça o mesmo e veja se será preciso a contratação de um guia local ou agência

 

 

PODE TOMAR A ÁGUA DAS CACHOEIRAS?

Dizem que pode tomar a água da cachoeira, mas eu preferi não me arriscar (eu não! vai que dá piriri logo no primeiro dia!rs).

OBS: se for tomar a água da cachoeira pegue de um lugar mais afastado de onde as pessoas estão nadando.

 

 

ORGANIZE SUA VIAGEM

Se este post foi útil pra você, que tal ajudar a manter o Lá Vai Ela pelo Mundo? Toda vez que você efetua uma reserva ou fecha um serviço por meio dos links e banners indicados aqui no blog, além de garantir um serviço de qualidade e melhores preços, você também ajuda a manter o blog sem pagar NADA a mais por isso!


Hospedagem: Booking e Airbnb.


Seguro Viagem: Seguros Promo e Real Seguro Viagem.


Chip de internet (internacional): Viaje Conectado e Easysim4u (use o cupom RBBVGRATIS e ganhe frete grátis - válido somente para a opção frete normal).


Aluguel de Carro: RentCars (desconto de 5% no boleto bancário!)


Passagens Aéreas: Passagens Promo.


Passeios em Ushuaia, El Calafate, Buenos Aires e Colonia del Sacramento: Brasileiros em Ushuaia.


Ingressos: Get Your Guide.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *